'Boca de fumo' é fechada pela segunda vez em menos de 3 meses

| 06/06/2022
- 22:15
'Boca de fumo' é fechada pela segunda vez em menos de 3 meses
Em relação ao endereço investigado, no dia 24 de março de 2022, outro homem foi preso no local (Foto: divulgação)

Policiais da Delegacia de Água Clara fecharam um ponto de venda de drogas pela segunda vez em menos de três meses e prenderam um . De acordo com a polícia, no último sábado (3), a equipe da Seção de Investigações realizava diligências para apurar os fatos no endereço, já conhecido como sendo uma boca de fumo. Quando a equipe realizava o monitoramento do local, um usuário de drogas saiu do local e, ao perceber a aproximação da viatura, tentou correr, mas não conseguiu ir longe.

Após ser abordado, confessou estar com duas porções de maconha, que havia acabado de adquirir na casa suspeita de ser ponto de venda de drogas. A equipe, diante dessa informação, dirigiu-se até o local onde o morador imediatamente confessou ter entorpecentes e mostrou os locais onde estavam escondidos.

Foram apreendidos 547g de maconha, 28g de cocaína e 60g de crack, todos fracionados para venda, além de valores e uma balança de precisão. Apesar da cooperação do autuado, ao ser questionado sobre o seu celular, o pegou e arremessou ao solo, danificando-o.

Em relação ao endereço investigado, no dia 24 de março de 2022, outro homem foi preso no local vendendo drogas a mando da pessoa que foi presa na última operação.

O atual morador da residência havia sido preso pela em 13 de janeiro de 2022 pela prática do crime de furto à loja da Claro e enquanto estava na penitenciária contratou outra pessoa para manter sua boca de fumo ativa, o que foi frustrado pela Polícia Civil.

Veja também

Piloto da motocicleta foi levado para o hospital com várias fraturas

Últimas notícias