‘Aqui é PCC, aqui é o crime’: Detento se nega a sair de cela e ameaça policial penal em presídio

Ele chegou a dar mordidas e socos nos agentes
| 11/05/2022
- 13:49
‘Aqui é PCC, aqui é o crime’: Detento se nega a sair de cela e ameaça policial penal em presídio
Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - (Foto: Marcos Ermínio

Na manhã desta quarta-feira (11), de 28 anos acabou autuado após se negar a sair da cela e agredir policiais penais no Presídio de Segurança Máxima da Gameleira, em Campo Grande. Ele ainda fez ameaças, dizendo que “era PCC” (Primeiro Comando da Capital).

Segundo informações do boletim de ocorrência, o detento desacatou o policial penal durante o ‘confere’ no Pavilhão 4. “O bagulho vai ficar louco aqui hoje. Hoje ninguém entra aqui nessa cela, hoje vou agitar a massa”, disse.

O agente informou que o seria transferido para a cela disciplinar, quando novamente fez ameaças: “Eu sou do crime”. Ele ainda resistiu quando os policiais penais o tiraram da cela, dando mordidas, socos, cabeçadas e chutes.

Novamente ele tentou ‘agitar’ os outros presos, gritando: “Aqui é PCC, aqui é o crime”. Na cela disciplinar, ele ameaçou todos os agentes, dizendo: “Eu vou matar vocês, vou pegar um por um, o comando vai agir, lá fora o bicho vai pegar”.

O caso é tratado como lesão corporal dolosa, ameaça e resistência.

Veja também

Equipe da Base Operacional de Ponta Porã, da Polícia Militar Rodoviária, apreendeu R$ 1,5 milhão...

Últimas notícias