Após trocar 'nudes' com mulher, rapaz é extorquido para não ter fotos divulgadas

Vítima transferiu mais de mil reais para golpista
| 06/05/2022
- 14:38
Após trocar 'nudes' com mulher, rapaz é extorquido para não ter fotos divulgadas
(Foto: Ilustrativa)

Um rapaz de 23 anos caiu no 'golpe dos nudes' e perdeu mais de mil reais em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Ele teria conhecido a mulher em uma de suas redes sociais.

Conforme o boletim de ocorrência, eles trocaram mensagens e a garota mandou umas fotos íntimas para a vítima, que teria retribuído também com fotos íntimas. Após mandar as fotos, recebeu uma mensagem informando que se tratava de uma quadrilha composta por 10 integrantes.

A vítima relatou que em seguida começaram a mandar mensagem exigindo que enviasse o valor de R$ 500, se não fosse acatado o grupo enviaria as fotos íntimas para os amigos de sua rede social. Com medo de ser exposto, o rapaz realizou uma transferência de R$ 450,00.

Na sequência, o autor continuou exigindo novas transferências bancárias, foi onde a vítima realizou duas novas transações, uma de R$ 550,00 e R$ 30,00 para a mesma conta. Foi quando ele decidiu procurar a da cidade, pois o autor continuava ameaçando divulgar as imagens caso não realizasse novas transferências.

O caso foi registrado na Delegacia de de Sidrolândia como extorsão. A Polícia investiga os fatos.

Delegado 'fake'

Não é a primeira vez que Sidrolândia é palco desse tipo de crime. Na última semana de abril, um rapaz de 22 anos quase caiu em um golpe conhecido como “Filha do Delegado”, após receber e enviar fotos íntimas para um contato de WhatsApp.

A vítima da tentativa de golpe mora em um assentamento de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações da Polícia Civil, as conversas começaram na segunda-feira (25), quando o jovem teria conhecido uma "menina" identificada como Bruna no Facebook. Ambos teriam trocado mensagem no aplicativo e foram para o WhatsApp, foi onde começaram a trocar fotos íntimas.

Já no dia 26, um dia depois de se "conhecerem" na internet, o rapaz recebeu uma mensagem e várias ligações de um número com DDD 51 (Rio Grande do Sul) que supostamente seria de um Delegado identificado como "Eduardo Augusto de Moraes", que exigia o valor de R$ 6 mil por conta das fotos íntimas que a vítima teria trocado com a jovem, pois a "menina" seria sua filha e menor de idade.

Nervoso e sem saber o que fazer, o jovem disse que não tinha como pagar a quantia exigida. Depois de algumas horas, o suposto "Delegado" entrou novamente em contato e pediu R$ 1,5 mil, pois a filha precisava dar entrada em uma clínica psiquiátrica.

A vítima teria relatado em depoimento na polícia que o suposto delegado mandaria prender [ele] caso não pagasse a quantia e resolvesse do jeito que queria. Desconfiado das ligações e com medo ao mesmo tempo, a vítima procurou a Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia, onde foi informado que se tratava de um golpe.

Ele então repassou aos policiais todos os números de telefone que teve contato. A Polícia Civil investiga o caso que foi registrado com extorsão.

Veja também

Últimas notícias