Polícia

Torturada pelo namorado, mulher é socorrida por amigas após ser encontrada desmaiada em MS

Ele chegou a tentar incendiar a vítima

Renata Portela Publicado em 17/09/2021, às 14h53

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Na última quarta-feira (15), caso de violência doméstica chegou a conhecimento da Polícia Civil em Deodápolis, a 260 quilômetros de Campo Grande. Mulher de 53 anos, vítima de várias agressões e tortura por parte do namorado, foi encontrada por amigas, desmaiada em casa, e socorrida.

Segundo o registro policial, as agressões aconteciam todas motivadas por ciúmes. Além disso, a vítima tinha medo de denunciar o namorado, já que ele ameaçava matar qualquer pessoa que soubesse das agressões. Amigas da vítima já desconfiavam da violência doméstica sofrida por ela e foram até a casa da mulher, na manhã de segunda-feira (13).

Naquele dia, encontraram a mulher caída dentro da residência e a socorreram. A vítima foi encaminhada ao hospital, recebeu atendimento médico e depois foi para a casa de uma das amigas. Só na quarta-feira, ela foi convencida a procurar a delegacia, com muito medo do namorado.

Foi constatado que a vítima tinha várias lesões pelo corpo, também no rosto e pescoço, inchaços, hematomas, arranhões e até uma marca de mordida. Na delegacia, foram apresentados os objetos usados pelo homem em verdadeiras sessões de tortura. Ele agrediu a vítima com uma garrafa de vidro, um pedaço de lâmpada, um cinto que usou para enforcar a mulher, fios usados para dar choques na vítima e um pedaço de mangueira de botijão.

Segundo a mulher, o suspeito cortou a mangueira e tentou atear fogo na namorada, mas desistiu. O caso foi registrado e é investigado como ameaça e lesão corporal dolosa, qualificados por violência doméstica.

Jornal Midiamax