Polícia

"Sou do PCC, isso não vai ficar assim": guardas são ameaçados por bêbado em centro de capacitação

GCM foi chamada por funcionários que também foram ameaçados pelo homem

Danielle Errobidarte Publicado em 16/11/2021, às 11h16

None
(Foto: Ilustrativa)

Homem, de 30 anos, foi preso, na manhã desta terça-feira (16), após ameaçar funcionários do Cecapro (Centro de Capacitação e Formação Profissional) e guardas municipais, no Bairro Parque do Lageado, na Capital. Ele teria dito que era do PCC e xingado os guardas.

Conforme relatado no boletim de ocorrência, ao chegaram ao local, os guardas municipais se depararam com o homem bastante irritado e nervoso, ameaçando funcionários. Durante revista pessoal, o suspeito teria dito "que estava muito louco e tinha bebido".

Segundo a guarnição, ele teria dito: "sou do PCC (Primeiro Comando da Capital), isso não vai ficar assim. Vou matar sua mãe e seu pai, seus guardinhas de m* (sic)". O suspeito foi identificado e precisou ser algemado. Em seguida, ele foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Jornal Midiamax