Polícia

Proprietário rural é multado em R$ 90 mil por desmatamento ilegal

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um proprietário rural em R$ 90 mil por desmatamentos ilegais de 258 hectares de vegetação nativa incluindo área protegida em Porto Murtinho. Segundo a polícia, durante fiscalização ambiental em propriedades rurais no município, Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho realizaram fiscalização em uma fazenda à tarde, localizada a 80...

Diego Alves Publicado em 08/03/2021, às 20h59

None

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um proprietário rural em R$ 90 mil por desmatamentos ilegais de 258 hectares de vegetação nativa incluindo área protegida em Porto Murtinho. Segundo a polícia, durante fiscalização ambiental em propriedades rurais no município, Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho realizaram fiscalização em uma fazenda à tarde, localizada a 80 km da cidade e localizaram com uso de GPS, um desmatamento ilegal em áreas separadas que somadas mediram 258 hectares, sendo parte em área protegida de reserva legal.

Na vistoria foi verificada uma supressão ilegal de 255,42 hectares ilegal fora de área de proteção especial, mas que precisava de licenciamento ambiental, e mais 2,59 hectares de vegetação nativa de cerrado dentro de área protegida de reserva legal da fazenda. Ambas as áreas foram descobertas por imagens de satélites e no local foi plantada pastagem, onde era criado gado bovino. O desmatamento ocorrera há algum tempo, porém, parte da madeira proveniente da vegetação derrubada se encontrava espalhada em meio a pastagem.

Foi utilizado aparelho de GPS para localização e aferição das áreas desmatadas. O proprietário da fazenda (83), residente em Maracaju, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 90.191,00, multa agravada pela área ser protegida por lei. Ele também responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção. O infrator também foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax