Polícia

Presos com cocaína avaliada em R$ 3 milhões recebiam R$ 500 só para embarcar droga

Grupo foi flagrado carregando a droga no helicóptero em MS

Dayene Paz Publicado em 04/06/2021, às 08h10

Aeronave foi guinchada e ficará sob custódia do 8º Batalhão
Aeronave foi guinchada e ficará sob custódia do 8º Batalhão - Divulgação, PMMS

Os presos durante ação da Polícia Militar, que terminou na apreensão de uma aeronave prefixo PP-LLL, na manhã desta quinta-feira (3), carregada com 250 quilos de cocaína, recebiam R$ 500 para dar apoio em terra, de acordo com as informações que constam em registro policial. A droga está avaliada em mais de R$ 3 milhões.

A apreensão ocorreu na cidade de Batayporã, a 306 quilômetros de Campo Grande. Quatro homens, todos brasileiros, de 19, 20, 33 e 38 anos foram flagrados no momento em que abasteciam a aeronave, preparando para que a droga - adquirida em área rural na cidade de Aral Moreira -, fosse levada para o Estado de São Paulo.

Eles relataram que davam apoio em terra para o piloto, o homem de 33 anos. Por semana, recebiam R$ 500 cada um. Eles não contaram há quanto tempo faziam o serviço e nem quem seria o contratante. Os quatro foram presos e levados para a delegacia de Polícia Civil.

Já o helicóptero estava com o CVA (Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade) suspenso, por estar vencido, uma vez que a aeronave não passou pelas revisões necessárias. Por regra da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o helicóptero não pode levantar voo. A aeronave foi guinchada e ficará sob custódia do 8º Batalhão, responsável pela apreensão, para ser periciada.

Apreensão

De acordo com a PM, equipe da Força Tática do 8º BPM interceptou o helicóptero enquanto ele pousava em uma fazenda, na região entre os rios Bahia e Paraná, em uma área várzea conhecida como “100 Alqueires dos Paraguaios”. Ali, a aeronave realizaria o reabastecimento de combustível.

Um homem com uma Toyota Hilux prata, se aproximou para efetuar a ação, momento em que foi surpreendido e detido juntamente com os outros autores. Dentro do helicóptero foram encontrados sete fardos de drogas, cerca de 250 quilos de cocaína, avaliada em mais de R$ 3 milhões.

Esta é a segunda vez que a equipe da Força Tática faz apreensão de uma aeronave carregada com cocaína na região do Vale do Ivinhema. Um avião com mais de meia tonelada de cocaína foi apreendido em agosto de 2020, na região de Ivinhema. A operação contou com apoio de 15 policiais militares e mais 5 viaturas do 8° Batalhão de Nova Andradina.

Jornal Midiamax