Polícia

Policial do DF preso por tráfico em MS tem liberdade provisória concedida

Outro envolvido, preso junto ao PM, também conseguiu liberdade

Danielle Errobidarte Publicado em 30/04/2021, às 17h51

PM estava em Saveiro e comparsa em Gol
PM estava em Saveiro e comparsa em Gol - (Foto: Reprodução/ Dourados News)

O sargento da PM (Polícia Militar) do Distrito Federal preso com 266 tabletes de maconha na MS-141, nesta quinta-feira (29) em Dourados, a 225 km da Capital, teve liberdade provisória concedida nesta sexta-feira (30). O outro rapaz, de 28 anos, que estavam com ele e atuava como batedor, teve a mesma concessão.

Conforme apurado pelo site local Dourados News, o advogado de defesa do policial militar, que é reformado da PMDF, afirmou que a liberdade provisória foi concedida porque a situação em que os dois se encontravam, os caracterizam como “mulas”.

Apesar dos dois poderem acompanhar as investigações fora da prião, eles são proibidos de trocarem de endereço físico, eletrônico ou de telefone, além de não poderem mudar de residência sem comunicação prévia, ou deixar o país. Os dois também ficam proibidos de ingressar em região de fronteira.

Relembre o caso

O policial militar foi preso após ser parado na MS-141 pela Polícia Militar Rodoviária, enquanto fazia o trajeto Naviraí à Ivinhema. A equipe desconfiou do seu nervosismo e ele entrou em contradição ao falar seu destino, tendo dito inicialmente Naviraí e depois a fronteira. Por fim, ele afirmou que saiu do Distrito Federal para ir até Presidente Prudente-SP, onde pegou um ônibus que seguia para Dourados, e terminaria o trajeto no Paraguai.

O policial ainda disse que havia pegado a picape de uma pessoa, que não soube dizer quem era. Ele confessou que estava recebendo informações de uma motorista em um VW Gol branco e teria passado a noite na casa dele. Enquanto estava acomodado na residência, o rapaz disse que iria trocar o óleo da Saveiro, e depois a dupla seguiu viagem.

O policial ainda alegou que o VW Gol atuava como batedor e fazia o trajeto na sua frente, enquanto um outro carro Hyundai Azera preto seguia atrás. Inicialmente, o PM foi levado para a delegacia de Ivinhema, momento em que a equipe da PMRv (Polícia Militar Rodoviária) percebeu que o Gol branco citado pelo autor, passou por diversas vezes em frente à DP (Delegacia de Polícia).

O motorista do Gol foi abordado e alegou que estava indo de Itaquirai até o estado de São Paulo. O suspeito e o autor foram levados para a Delegacia da Polícia Federal de Dourados, junto aos veículos e a droga.

Jornal Midiamax