Polícia

Polícia pede pela prisão de homem que esfaqueou 14 vezes a esposa por não aceitar separação

A Polícia Civil da cidade de Terenos a 28 quilômetros de Campo Grande pediu pela prisão preventiva do homem de 32 anos, que esfaqueou 14 vezes a esposa de 28 anos, no dia 10 deste mês por não aceitar a separação. De acordo com o delegado Antenor Batista, foi feito o pedido da prisão preventiva […]

Thatiana Melo Publicado em 16/03/2021, às 08h44 - Atualizado às 09h07

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

A Polícia Civil da cidade de Terenos a 28 quilômetros de Campo Grande pediu pela prisão preventiva do homem de 32 anos, que esfaqueou 14 vezes a esposa de 28 anos, no dia 10 deste mês por não aceitar a separação.

De acordo com o delegado Antenor Batista, foi feito o pedido da prisão preventiva do homem, que ainda está foragido. Desde o dia do crime ele é procurado. A mulher foi esfaqueada nas costas, braços e pescoço.

Informações passadas pela polícia são de que no momento do crime, o autor estava sob o efeito de drogas. A esposa confirmou que ele seria usuário de entorpecentes. A tentativa de feminicidio aconteceu em uma praça na cidade e foi testemunhada por populares que passavam pelo local.

Ele usou uma faca de serra para desferir os 14 golpes contra a sua esposa, que havia feito o pedido de divórcio, mas que ele não aceitava. A avó da vítima também ficou ferida nas mãos quando tentava defender a neta.

A vítima foi levada para uma unidade de saúde da cidade consciente e orientada, apesar das inúmeras facadas.

Jornal Midiamax