Polícia

Polícia ouve na quinta-feira testemunhas do atropelamento que matou Emanuelle

Na próxima quinta-feira (18), o delegado Wilton Vilas Boas, da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, deve ouvir testemunhas do acidente que terminou com a morte da ciclista Emanuelle Aleixo Gorski, de 20 anos. A vítima foi atropelada por uma caminhonete S10 na noite de quarta-feira passada, na rotatória que fica perto do […]

Renan Nucci Publicado em 16/03/2021, às 18h49

Jovem morreu após ser atropelada em Campo Grande.
Jovem morreu após ser atropelada em Campo Grande. - Jovem morreu após ser atropelada em Campo Grande.

Na próxima quinta-feira (18), o delegado Wilton Vilas Boas, da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, deve ouvir testemunhas do acidente que terminou com a morte da ciclista Emanuelle Aleixo Gorski, de 20 anos. A vítima foi atropelada por uma caminhonete S10 na noite de quarta-feira passada, na rotatória que fica perto do cruzamento entre a Avenida Hiroshima e a Mato Grosso, no Carandá Bosque.

Entre as testemunhas que serão ouvidas constam uma amiga da jovem e duas pessoas que estavam em um posto de combustíveis. Além disso, o delegado disse que aguarda confirmação do laudo pericial realizado no veículo. “O laudo não foi encaminhado ainda. Mas pelo que eu vi, [a batida] foi no flanco esquerdo (lado do motorista), na dianteira, com amassamento no capô”, disse ele ao Midiamax nesta terça-feira (16).

A análise pericial serve para ajudar a polícia a compreender a dinâmica da colisão. Conforme já noticiado, Emanuelle tinha saído para pedalar com uma amiga nos altos da Avenida Afonso Pena e o acidente aconteceu quando ela voltava para casa. Ela chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada para a Santa Casa. No entanto, não resistiu aos ferimentos graves e morreu momentos após dar entrada.

O pai da vítima procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro e registrou boletim de ocorrência, relatando o ocorrido. Ele soube que a filha tinha sido socorrida e levada para a Santa Casa, mas que não resistiu, mas não sabia da dinâmica do acidente. Neste sentido, a polícia busca descobrir as circunstâncias do acidente e eventuais responsabilidades.

Jornal Midiamax