Polícia

Patrão viaja e funcionários de lanchonete saem no soco em MS

Agressão envolvendo funcionários de uma lanchonete virou caso de polícia na noite deste domingo (14), no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Corumbá, a 425 quilômetros de Campo Grande. Uma das trabalhadoras, de 27 anos, com ajuda do irmão, investiu contra a colega, também de 27 anos, agredindo-a com socos. Foi registrado boletim de ocorrência. […]

Renan Nucci Publicado em 15/02/2021, às 15h28

Caso foi registrado na 1ª DP de Corumbá. Imagem: Divulgação
Caso foi registrado na 1ª DP de Corumbá. Imagem: Divulgação - Caso foi registrado na 1ª DP de Corumbá. Imagem: Divulgação

Agressão envolvendo funcionários de uma lanchonete virou caso de polícia na noite deste domingo (14), no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Corumbá, a 425 quilômetros de Campo Grande. Uma das trabalhadoras, de 27 anos, com ajuda do irmão, investiu contra a colega, também de 27 anos, agredindo-a com socos. Foi registrado boletim de ocorrência.

A vítima disse que tudo isso ocorreu depois que o patrão viajou e deixou apenas os funcionários responsáveis pelo estabelecimento. Ela conta que a agressora começou a lhe passar atribuições que não eram aquelas deixadas pelo proprietário. A vítima disse ainda que já discutiu com a colega por assuntos do trabalho, mas nunca houve agressão.

A vítima disse que, no sábado, foi embora mais cedo, pois não estava suportando a situação e, por outro lado, não queria confusão. Porém, neste domingo, a autora passou a provocá-la durante o expediente. A vítima então decidiu ir embora novamente, mas foi atacada com puxão de cabelo e socos no rosto. Para se defender, segurou os cabelos da agressora.

Neste momento, o irmão da agressora interferiu para ajudá-la e passou a puxar o cabelo da vítima. A trabalhadora alega que teve lesões e que estava com dores no braço esquerdo, escoriações na testa e na cabeça, bem como um olho roxo. Por este motivo, decidiu denunciar os envolvidos e manifestou interesse em representar criminalmente contra eles.

Jornal Midiamax