Polícia

Motorista gravemente ferido em explosão de veículo no Indubrasil morre no hospital

Morreu no início da tarde desta quarta-feira (3), Luiz Carlos Martins da Vida, 50 anos, motorista do caminhão que explodiu no Indubrasil. Ele estava em cima do veículo, carregado com glicerina, que acabou explodindo. Conforme a assessoria da Santa Casa de Campo Grande, Luiz faleceu às 12h20 e os familiares já foram avisados e acolhidos. […]

Renata Portela Publicado em 03/02/2021, às 14h38 - Atualizado às 14h52

(Foto: Gabriel Neves, Midiamax)
(Foto: Gabriel Neves, Midiamax) - (Foto: Gabriel Neves, Midiamax)

Morreu no início da tarde desta quarta-feira (3), Luiz Carlos Martins da Vida, 50 anos, motorista do caminhão que explodiu no Indubrasil. Ele estava em cima do veículo, carregado com glicerina, que acabou explodindo.

Conforme a assessoria da Santa Casa de Campo Grande, Luiz faleceu às 12h20 e os familiares já foram avisados e acolhidos. O motorista deu entrada na unidade em estado gravíssimo, com várias queimaduras e chegou a ser intubado.

Explosão

Conforme apurado no local, o caminhão estava no pátio da empresa e Luiz estava cima do veículo. O veículo era carregado com glicerina, quando acabou explodindo e causou ferimentos graves no funcionário. O teto da estrutura onde o veículo era abastecido também ficou danificado.

Corpo de Bombeiros prestou primeiros socorros e o do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) interceptou a equipe que transportava o motorista. Segundo funcionário da empresa, o motorista teve uma parada cardíaca no local e foi reanimado, mas não resistiu e acabou falecendo no hospital.

Equipe da Polícia Civil e Perícia estiveram no local. O caso deve ser apurado pela 7ª Delegacia.

Jornal Midiamax