Polícia

'Maior ladrão de motos do MT' é encontrado morto na Bolívia; família traz corpo pela fronteira com MS

Criminoso é apontado como responsável por furtar e roubar mais de 400 veículos

Gabriel Maymone Publicado em 23/10/2021, às 19h54

Jhonatan Marques de Lima estava desaparecido há dois meses
Jhonatan Marques de Lima estava desaparecido há dois meses - Reprodução

O brasileiro Jhonatan Marques de Lima, conhecido por ter roubado e furtado mais de 400 motocicletas em Mato Grosso, foi encontrado morto esta semana, na cidade de San Matias, na Bolívia, na fronteira com o Brasil.

O corpo do criminoso foi trazido de volta ao Brasil pelos familiares pela fronteira de Puerto Quijarro com Corumbá, em Mato Grosso do Sul.

Além disso, investigações da Polícia Federal brasileira apontaram que ele fazia parte da facção criminosa do Comando Vermelho, uma das maiores do país.

O brasileiro estava foragido da Justiça brasileira, pois havia mandado de prisão contra ele em aberto.


Corpo de Jhonatan foi encontrado em fazenda que ele, supostamente, usava para traficar armas e substâncias ilegais - Imagem: Reprodução

O corpo de Jhonatan foi encontrado em uma cova de 1,5 mt de profundidade, que ficava na entrada da fazenda Charly, a 7 km de San Matias. A polícia acredita que a propriedade era usada por ele para traficar substâncias controladas e armas de fogo.

O criminoso estava desaparecido há dois meses, após registro de familiares, que afirmavam não saber o seu paradeiro.

Jhonatan tinha um histórico de roubos agravados, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Com informações do jornal El Deber.

Jornal Midiamax