Polícia

Justiça arbitra fiança de R$ 1,3 mil para funcionário que furtou cartão da empresa e foi para motel

A Justiça arbitrou nesta segunda-feira (1º) fiança de R$ 1,3 mil para o funcionário de uma empresa que furtou o cartão do estabelecimento e gastou com droga e em um motel, na Avenida das Bandeiras. Ele foi preso neste fim de semana. Em audiência de custódia, o juiz determinou o pagamento de fiança, além de […]

Thatiana Melo Publicado em 01/02/2021, às 12h18

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

A Justiça arbitrou nesta segunda-feira (1º) fiança de R$ 1,3 mil para o funcionário de uma empresa que furtou o cartão do estabelecimento e gastou com droga e em um motel, na Avenida das Bandeiras. Ele foi preso neste fim de semana.

Em audiência de custódia, o juiz determinou o pagamento de fiança, além de recolhimento domiciliar e comparecimento ao Caps. A prisão foi feita pelo GOI (Grupo de Operações e Investigações) dentro de um motel na Avenida das Bandeiras quando estava com garotas de programa usando drogas. Ele disse que no dia 28 de janeiro teria ido a pedido da gerente a uma loja de embalagens para comprar material para a empresa.

Mas, segundo ele em depoimento ficou com vontade de usar cocaína e com o cartão da empresa comprou drogas e foi até o motel onde na companhia de garotas de programa ficou no local usando cocaína.

Jornal Midiamax