Polícia

Idoso é furtado, agredido com chave de fenda e perde audição em cidade de MS

Idoso de 60 anos foi socorrido com lesão grave no ouvido esquerdo nesta terça-feira (23) após ser furtado na última quinta-feira (18) e atingido com uma chave de fenda, na cidade de Bonito, distante 300 km de Campo Grande. Ele teve de ser encaminhado a um especialista na Capital após os laudos médicos iniciais constatarem […]

Danielle Errobidarte Publicado em 23/03/2021, às 14h01

(Foto: Ilustrativa | Arquivo)
(Foto: Ilustrativa | Arquivo) - (Foto: Ilustrativa | Arquivo)

Idoso de 60 anos foi socorrido com lesão grave no ouvido esquerdo nesta terça-feira (23) após ser furtado na última quinta-feira (18) e atingido com uma chave de fenda, na cidade de Bonito, distante 300 km de Campo Grande. Ele teve de ser encaminhado a um especialista na Capital após os laudos médicos iniciais constatarem perfuração craniana gravíssima.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi chamada, inicialmente, para atender uma vítima de esfaqueamento em residência próxima ao lixão da cidade. Ao chegarem no local, os policiais perceberam que se tratava de um idoso, de 60 anos, que estava com sangramento pelo corpo e apresentava dificuldades de caminhar.

Perguntado sobre o que teria acontecido, a vítima relatou que não estava escutando do lado esquerdo do ouvido. O idoso explicou que, dias atrás, ele foi vítima de furto de um rapaz conhecido por cometer crimes na região e que, devido a quantidade de delitos, teria dito que o denunciaria.

Segundo ele, o suspeito ficou sabendo de alguma forma e invadiu sua residência com uma chave de fenda de aproximadamente 20 centímetros. Ainda segundo o idoso, o suspeito só não conseguiu enfiar toda a ferramenta porque ele segurou o braço.

Após receber os primeiros socorros no hospital local, o laudo médico constatou que a vítima havia sofrido uma perfuração craniana de natureza gravíssima e ele teve de ser encaminhado à Capital para receber atendimento de otorrinolaringologista. O laudo também apresentou “risco de vida” após exames de corpo de delito.

O suspeito continua foragido e a chave de fenda não foi encontrada pela Polícia Militar.

Jornal Midiamax