Polícia

Executado a tiros na Gameleira cumpria pena por matar rapaz em crime de vingança

Jefferson Santana Apolinário, 35 anos, morto a tiros na manhã desta sexta-feira (5) na estrada da Gameleira, nas proximidades do presídio de regime semiaberto, cumpria pena por homicídio. O crime ocorreu em 14 de janeiro de 2009, quando Jefferson matou Gleison Pinheiro Silva, 21 anos. Segundo a denúncia, no dia do crime Gleison recolhia mesas […]

Renata Portela Publicado em 05/02/2021, às 16h45 - Atualizado às 17h32

None

Jefferson Santana Apolinário, 35 anos, morto a tiros na manhã desta sexta-feira (5) na estrada da Gameleira, nas proximidades do presídio de regime semiaberto, cumpria pena por homicídio. O crime ocorreu em 14 de janeiro de 2009, quando Jefferson matou Gleison Pinheiro Silva, 21 anos.

Segundo a denúncia, no dia do crime Gleison recolhia mesas e cadeiras da conveniência em que trabalhava, no Aero Rancho. Neste momento, ele foi atingido por um tiro na cabeça, disparado por Jefferson. Ainda conforme a denúncia, o crime foi movido por vingança.

Isso, porque Jefferson teria matado Gleison por acreditar que a vítima se envolveu com a ex-mulher dele durante um período em que esteve preso. O réu foi condenado e cumpria pena em regime fechado, até ter a progressão para o semiaberto.

Execução

Segundo registro do boletim de ocorrência, a esposa de Jefferson relatou que ele saía diariamente para trabalhar e retorna no período noturno para recolhimento. Nesta sexta-feira, ela foi até a Gameleira levar dinheiro para o marido, que estava dentro do ônibus. No momento em que ele desceu, foi atingido pelos disparos.

O autor estava parado, em uma motocicleta vermelha. Passageiros do ônibus ainda ajudaram a vítima, que foi socorrida e levada até a Unidade Básica de Saúde do Aero Rancho, mas não resistiu aos ferimentos.

Jornal Midiamax