Conforme o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, equipe foi chamada para ir até o local, onde os empresários discutiam sobre a posse de um apartamento. Os dois relataram que foram ameaçados.

Um dos homens disse que o outro ameaçou contratar um pistoleiro por R$ 20 mil para matá-lo. Já o outro, disse que contrataria um pistoleiro de um réu da Omertà, também fazendo ameaças de morte.

Os envolvidos foram levados para a 2ª Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado como ameaça. Eles foram liberados em seguida.

Saiba Mais