Polícia

Conselheira é ameaçada por padrasto acusado de maus-tratos contra crianças

Vítimas foram levadas para a delegacia

Renata Portela Publicado em 01/10/2021, às 17h58

Caso foi encaminhado para a Depca
Caso foi encaminhado para a Depca - (Arquivo, Midiamax)

Na manhã desta sexta-feira (1º), equipe do Conselho Tutelar foi vítima de ameaça por um homem de 40 anos, que é investigado por maus-tratos contra os enteados. Ele chegou a alegar que tem uma arma de fogo em casa.

Segundo a vítima, equipe foi até o colégio para buscar duas crianças, que seriam encaminhadas para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), por conta da denúncia de maus-tratos por parte do padrasto.

Enquanto a equipe aguardava a liberação das crianças, funcionário da escola acabou ligando para os pais das vítimas, informando sobre a ação do Conselho Tutelar. O casal foi até a escola e buscou as crianças, levando as vítimas até o Conselho Tutelar.

Já no Conselho, o padrasto teria ameaçado a conselheira e mais três funcionários, dizendo que tomaria medidas cabíveis e que tem arma de fogo em casa. Ele ainda ameaçou chamar a polícia para prender a conselheira.

Por fim, as crianças foram levadas para a delegacia e foi registrado boletim de ocorrência por maus-tratos. Os enteados chegaram a confirmar que o homem tem uma pistola, que guarda no quarto. Além do crime de maus-tratos, o homem também será investigado pela ameaça e por tentar impedir o trabalho da conselheira.

Jornal Midiamax