Polícia

Durante jogo de dominó, militar do Exército estupra sobrinho de 10 anos

MPMS pediu pela absolvição do militar, que acabou absolvido em junho deste ano

Thatiana Melo Publicado em 02/08/2021, às 11h35

None
(Ilustrativa)

Após ser acusado de estuprar o sobrinho de 10 anos, em uma cidade de Mato Grosso do Sul, um militar do Exército, de 60 anos, que chegou a ser preso pelo crime, foi absolvido em junho deste ano. O abuso teria acontecido durante um jogo de dominó.

A criança que estava na casa de sua avó teria sido convidada pelo seu tio para jogar dominó, sendo que nesse momento, no quintal da residência, o militar abusou do menino passando as mãos em suas partes íntimas. 

Com medo, o menino saiu correndo e contou para sua mãe, que resolveu fazer o registro da ocorrência do crime, que aconteceu em janeiro de 2016. Mas, a denúncia contra o militar só foi pronunciada em novembro de 2016.

O militar não foi encontrado, sendo citado por edital e tendo sua prisão decretada no dia 29 de outubro de 2019, mas acabou solto no dia 7 de novembro do mesmo ano.

Enquanto os relatos da vítima e das testemunhas apresentaram versões diferentes na delegacia e no Juízo, segundo consta a denúncia, as declarações do réu foram sempre as mesmas e no sentido de não ter praticado o ato. O próprio MPMS (Ministério Público Estadual) pediu a absolvição, concedida em junho deste ano. 

Jornal Midiamax