Polícia

Dupla é presa com maconha e celulares que seriam arremessados em presídio feminino

Estavam com quatro celulares, 15 carregadores e quatro tabletes de maconha

Thatiana Melo Publicado em 26/04/2021, às 06h58

None
(Arquivo)

Foram presos durante a madrugada desta segunda-feira (26), na Avenida Ceará em Campo Grande, dois homens que jogariam por cima dos muros do Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi, drogas, celulares e carregadores.

João Paulo da Silva de 29 anos, e Adenilson Barros Eugênio de 25 anos foram flagrados pelos policiais do Batalhão de Choque na Avenida Ceará em uma camionete Blazer em atitude suspeita por volta da 1 hora da madrugada deste domingo (25).

Quando abordados, os policiais encontraram em uma bolsa que estava dentro do carro, quatro tabletes de maconha, quatro celulares, 15 carregadores e 11 fones de ouvido embrulhados em fita adesiva. Adenilson disse que receberia o valor de R$ 200 para levar João até as proximidades do presídio para fazer os arremessos.

Já João contou que receberia o valor de R$ 1 mil para fazer o serviço. Os dois foram presos e levados para a delegacia.

Jornal Midiamax