Polícia

Dono de chácara é multado em R$ 12 mil por derrubada de árvores em área de mata ciliar

Distrito de Palmeiras

Diego Alves Publicado em 19/04/2021, às 20h38

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aquidauana autuou dono de chácara em R$ 12 mil por derrubada de árvores em área protegida de matas ciliares do Rio Aquidauana.


Policiais ambientais realizaram fiscalização em uma chácara, localizada no Distrito de Palmeiras, no município de Dois Irmãos do Buriti hoje (19) e localizaram exploração de uma área de vegetação protegida por lei. Na propriedade havia 12 árvores de grande porte das espécies aroeira, angico, quina-do-mato e leiteira derrubadas recentemente sem autorização ambiental, à margem do rio Aquidauana.


As árvores foram derrubadas pelo dono da chácara, dentro da área protegida de matas ciliares do rio. A maior parte das árvores desmatadas estava a 28 metros do rio, em local onde deveriam ser preservados 100 metros como área protegida por lei como de preservação permanente (APP). Segundo informações, o homem teria cometido o crime para evitar o trânsito de pessoas até o rio pela área da sua chácara. Isso faz sentido, tendo em vista que a madeira das árvores continuava caída no local sem ter sido explorada.


As atividades foram interditadas. O infrator,de 77 anos, residente em Campo Grande, responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente, com pena de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 12 mil.

Jornal Midiamax