Polícia

Crianças de 3, 4 e 7 anos vítimas de maus-tratos são resgatadas em Campo Grande

Elas eram agredidas constantemente pelos tios

Renata Portela e Ranziel Oliveira Publicado em 01/10/2021, às 15h59

PM e Conselho Tutelar acompanham o caso
PM e Conselho Tutelar acompanham o caso - (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Na tarde desta sexta-feira (1º), três crianças de 3, 4 e 7 anos foram resgatadas após denúnca anônima revelar que elas eram vítimas de maus-tratos. Elas estavam na casa de familiares, no Parque dos Laranjais, e as marcas e ferimentos pelos corpos das crianças acabaram resultando na prisão em flagrante dos tios, de 27 e 30 anos.

Segundo a equipe da 11ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), os tios têm a guarda das crianças e moram na área rural de Campo Grande, a aproximadamente 40 quilômetros da cidade. Nesta sexta-feira, a família veio para a cidade, para fazer compras no mercado, quando tias que moram no Parque dos Laranjais decidiram acionar a PM.

Quando os policiais chegaram, constataram as marcas de agressões nas crianças e acabaram fazendo a prisão em flagrante. Parentes que são testemunhas e as vítimas foram levadas para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). A informação é de que as agressões são frequentes e já tinham sido denunciadas.

Outras denúncias chegaram até o Conselho Tutelar em outra ocasião e os responsáveis pelas crianças foram advertidos, mas teriam continuado com as agressões. O tio alegou que as crianças se machucaram sozinhas, na fazenda. Apesar disso, a criança de 7 anos confirmou as agressões.

O casal deve responder por maus-tratos e o caso será investigado pela Depca.

Jornal Midiamax