Polícia

Conselheiro descobre que criança de 4 anos era estuprada por vizinho em Campo Grande

Conselheiro desconfiou, descobriu e levou mãe da menina para delegacia

Dayene Paz Publicado em 05/06/2021, às 10h20

None
Imagem: Divulgação | Midiamax

Conselheiro tutelar procurou a delegacia de Polícia Civil, nesta sexta-feira (04), para denunciar a suspeita de que uma menina de 4 anos foi estuprada por um vizinho, na Vila Marcos Roberto, em Campo Grande. Ele descobriu sobre os abusos e levou a mãe da menina até a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para que o caso seja investigado.

De acordo com a delegada plantonista da Deam, Fernanda Piovano, a mãe de 34 anos esteve no local junto ao conselheiro por volta das 13 horas. No relato, a mulher contou que é inquilina do suspeito dos fatos, um homem de 78 anos, que também é seu vizinho. O conselheiro afirmou que desconfiou pois já que teria recebido informações de que a menina sofria abusos por parte desse vizinho, que também é suspeito de cometer o crime com outras crianças.

O conselheiro afirmou que sabia que a criança era obrigada a pedir dinheiro na rua e diante da situação, conseguiu conversar com a menina. Nessa conversa, a vítima teria relatado que o homem tirou a roupa e passou o pênis nas nádegas dela. Também, no dia 28 de maio, o homem teria tirado o pênis para fora da calça e mostrado para a criança.

Ainda, de acordo com a delegada, a mãe chegou a tirar satisfação com o suspeito, que se defendeu dizendo que a menina queria tomar banho e por isso tirou a roupa dela. Mãe e conselheiro conversaram e decidiram procurar a delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado como estupro de vulnerável. A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) irá apurar a denúncia.

Jornal Midiamax