Polícia

Com ecstasy e até morfina, traficante que fazia delivery com carro de luxo é preso em Campo Grande

Rapaz venderia morfina da mãe que morreu com câncer

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 17/05/2021, às 11h49

None
(Divulgação PC)

Após várias denúncias de delivery de drogas feita no bairro Nova Campo Grande, um traficante de 31 anos acabou preso por policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), na última sexta-feira (14) e teve sua prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (17) após audiência de custódia.

Olavo Van Gente foi preso após os policiais fazerem o monitoramento do traficante, que costumava vender drogas em frente a uma conveniência na região, além do comércio em casa. Olavo também fazia delivery usando seu carro de luxo, Volkswagen T-Cross.

Na casa do traficante, os policiais encontraram 275 comprimidos de ecstasy, que eram comercializados por R$ 60 cada um. Também foram apreendidas buchas de skunk, a supermaconha que estava em sacos, além de R$ 5.226 em espécie.

Ainda na casa, os policiais apreenderam várias semijoias, que a polícia acredita ser moeda de troca para a compra de entorpecentes do traficante. Também foram apreendidas várias caixas de morfina, que Olavo afirmou que seriam de quando a sua mãe, que já morreu, fazia tratamento para câncer.

Vizinhos a casa do traficante chegaram a agradecer a polícia pela prisão do homem, já que não aguentavam mais o comércio de drogas na região.

Jornal Midiamax