Polícia

Casal é preso com munições que seriam de agente penitenciário federal de Campo Grande

Agente foi localizado e disse ter entregue armamento a unidade penal já que está em tratamento de saúde, mas confirmou conhecer casal

Thatiana Melo Publicado em 10/06/2021, às 05h43

None
(Ilustrativa)

Um casal de 32 e 39 anos foi preso durante a madrugada desta quinta-feira (10), em Campo Grande, no bairro Jardim Colibri por policiais do Batalhão de Choque. Eles estavam com cocaína, maconha e munições calibre. 40, que a mulher teria dito ser de seu ex-marido, um agente penitenciário federal.

Segundo informações da ocorrência registrada na madrugada desta quarta (10), os policiais do Choque em rondas pelo bairro abordaram o casal que estava em um veículo Volkswagen Gol, na rua Humberto Fernandes Lino. Quando abordados, os policiais encontraram com o homem duas munições calibre .40.

Já embaixo do banco onde estava sentada a mulher, os militares localizaram um tablete de maconha e porções de cocaína e no console do carro foram achadas 34 munições calibre .40, que a autora afirmou ter pegado com seu ex-marido que seria agente penitenciário federal.

Os policiais foram levados até a casa do casal, onde foi localizado porções de drogas e vários papelotes de cocaína e maconha. Ainda no porta-malas do veículo, uma bolsa com documentos de uma vítima de roubo foi localizada.

O casal levou os policiais até a casa do suposto agente, que confirmou ser agente penitenciário federal, mas que estava em tratamento de saúde e havia entregue todo o armamento a unidade penal, e ele confirmou conhecer tanto a mulher como o homem.

Jornal Midiamax