Polícia

Baleado na cabeça, homem morre duas horas depois em hospital de MS

Ao lado da vítima foram encontradas armas e munições

Renan Nucci Publicado em 09/05/2021, às 09h03

Armas, munições e objetos apreendidos no local do crime
Armas, munições e objetos apreendidos no local do crime - Ivi Notícias

Claudeir da Silva Adolfo, de 29 anos, foi morto com tiro na cabeça na noite de sexta-feira (07), em Ivinhema, a 291 quilômetros de Campo Grande. Com a vítima havia uma mochila com faca, arma de fogo falsa e munições. Ainda não há informações sobre autoria e motivação.

De acordo com o site Ivi Notícias, por volta das 22h10 a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados para atendimento de uma ocorrência de disparo de arma de fogo na região do bairro Triguinã. No local, as equipes se depararam com a vítima baleada na cabeça.

Ao lado de Claudeir estava uma garrucha calibre 22 com dois munições, sendo uma deflagrada. Também havia uma bolsa com documentos pessoais, faca de cozinha, simulacro de arma, balaclava, munição calibre 380, um recipiente com pó branco e dois cartões de memória de celular. 

No bolso da calça da vítima havia duas munições calibre 22 intactas. Apesar dos esforços da equipe de resgate, o homem não resistiu e morreu cerca de 2 horas depois no hospital. Os policiais conversaram com vizinhos, em busca de informações, mas ninguém foi capaz de fornecer informações precisas. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Jornal Midiamax