Polícia

Após matarem 3 na fronteira de MS, criminosos fazem alerta: 'não roube'

Uma das vítimas entrou em luta com um dos assassinos e acabou morto em frente à sua casa

Thatiana Melo Publicado em 18/05/2021, às 10h43

None
(Foto: Ponta Porã Informa)

Três foram assassinados durante a madrugada desta terça-feira (18), na cidade de Yby Yaú, no departamento de Concepción. Uma das vítimas chegou a lutar com um dos autores e foi morta em frente de casa.

A primeira vítima dos justiceiros foi Reynaldo de León, 29 anos, que foi retirado de sua casa à força. Ele resistiu e foi assassinado em frente de casa. Ele tinha vários ferimentos na região do pescoço e teve uma das mãos decapitadas.

Segundo o site Ponta Porã Informa, horas depois Juan Lugo Pereira, de 19 anos, e Ulises Pereira, de 20 anos foram mortos. Ainda não se sabe se eles estão relacionados. Eles foram executados com arma de fogo e faca, segundo relatórios da Polícia Nacional.

A polícia suspeita de um acerto de contas, já que os criminosos deixaram cartazes sobre os corpos com a inscrição “Não roube”. No dia 28 de abril, pai e filho foram assassinados de forma parecidas na mesma região.

As vítimas foram identificadas como Rodolfo Romero Enciso, 42, com histórico de coerção, e seu filho de 16 anos. Ambos sofreram ferimentos na cabeça por arma de fogo.

Jornal Midiamax