Polícia

Três são presos por furto de carne de açougue e frigorífico

Três homens, de 47, 28 e 20 anos foram presos por furto de gado abatido em Corumbá, cidade a 426 quilômetros de Campo Grande. Eles foram presos durante a operação “Sarx”, deflagrada pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (24). Um quarto suspeito foi preso e responderá em liberdade. 82 quilos de carne foram apreendidos. De acordo […]

Diego Alves Publicado em 25/09/2020, às 00h39

Divulgação/Polícia Civil de Ladário
Divulgação/Polícia Civil de Ladário - Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Três homens, de 47, 28 e 20 anos foram presos por furto de gado abatido em Corumbá, cidade a 426 quilômetros de Campo Grande. Eles foram presos durante a operação “Sarx”, deflagrada pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (24).

Um quarto suspeito foi preso e responderá em liberdade. 82 quilos de carne foram apreendidos. De acordo com a polícia, funcionário de um açougue localizado na Avenida 14 de Março, atuava com três funcionários de um frigorífico no furto do produto.

A polícia investigou o grupo e descobriu que, no momento em que a carne era entregue ao açougue, geralmente por volta das 06h, os envolvidos desviavam parte dela e escondiam em sacos de lixo e traziam de volta para o caminhão. Ainda segundo a polícia, o furto vinha ocorrendo há mais de sete meses.

“Eles disseram que pegavam a carne e rateavam entre eles, mas há suspeita de que também revendiam”, disse o delegado Luca Venditto ao site Diário Corumbaense. Eles responderão pelos crimes de furto qualificado de gado (abigeato). O nome da operação, denominada “SARX”, de origem grega, faz menção à palavra carne, em português.

Jornal Midiamax