Polícia

Professora douradense é encontrada na Capital

Marilza Dias dos Santos, de 47 anos,  professora de Dourados que estava desparecida desde sábado (2), foi encontrada no início da tarde desta quarta-feira (05). Ela chegou até a casa de um familiar em Campo Grande, que em seguida avisou aos  demais parentes e amigos. “Estou levando minha mãe de volta para casa. Vamos cuidar […]

Marcos Morandi Publicado em 05/02/2020, às 16h31

Marilza passou alguns dias na rua de Campo Grande. (Foto: Arquivo de família)
Marilza passou alguns dias na rua de Campo Grande. (Foto: Arquivo de família) - Marilza passou alguns dias na rua de Campo Grande. (Foto: Arquivo de família)

Marilza Dias dos Santos, de 47 anos,  professora de Dourados que estava desparecida desde sábado (2), foi encontrada no início da tarde desta quarta-feira (05). Ela chegou até a casa de um familiar em Campo Grande, que em seguida avisou aos  demais parentes e amigos.

“Estou levando minha mãe de volta para casa. Vamos cuidar da saúde dela e verificar o que realmente aconteceu, já  que fisicamente ela está bem, mas emocionalmente muito abalada”, disse Gustavo, que registrou boletim de ocorrência na Depac de Dourados e mobilizou as redes sociais para encontrá-la.

Gustavo disse que sua mãe explicou, em poucas palavras, que passou esses dias na rua e que algumas pessoas ajudaram ela, deram comida e até levaram apara casa, mas ela acabou fugindo também.”Já temos uma consulta marcada com um psiquiatra em Dourados. Ela fica  falando que perdeu a vontade de viver”, relatou Gustavo, agradecendo a todos que se mobilizaram para encontrá-la.

Jornal Midiamax