Polícia

Por incêndio em palhada, arrendatário é multado em quase meio milhão 

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou arrendatário por incêndio em 450 hectares para limpeza de palhada grossa da lavoura, em uma fazenda na zona rural de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. O fogo teve início no domingo e a autuação foi efetuada na terça-feira (13). O incêndio foi considerado de grande […]

Renan Nucci Publicado em 14/10/2020, às 13h42

Incêndio de grande proporção resultou em multa de R$ 450 mil. Foto: Divulgação
Incêndio de grande proporção resultou em multa de R$ 450 mil. Foto: Divulgação - Incêndio de grande proporção resultou em multa de R$ 450 mil. Foto: Divulgação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou arrendatário por incêndio em 450 hectares para limpeza de palhada grossa da lavoura, em uma fazenda na zona rural de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. O fogo teve início no domingo e a autuação foi efetuada na terça-feira (13).

O incêndio foi considerado de grande proporção e o responsável chegou a apresentar uma licença ambiental para queima controlada, mas de acordo com a polícia, o documento não tinha valor legal. Isso porque neste período mais seco, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), suspendeu todas as autorizações para queimadas por 180 dias.

Além disso, um Decreto Federal também proibiu a queima controlada até novembro e o arrendatário sabia da suspensão. Os policiais mediram a área destruída, com uso de GPS, e contabilizaram 450 hectares. As atividades foram interditadas e o infrator de 59 anos, residente em Chapadão do Sul, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 450 mil.

Jornal Midiamax