Polícia

Polícia suspeita que morto a tiro em acerto de contas seja ‘Baiano do PCC’

Ainda sem identificação precisa, a vítima de homicídio no fim da tarde de quarta-feira (10), seria um jovem de 19 anos. O crime aconteceu na Rua Darci Vieira de Faria, no Loteamento José Tavares do Couto, durante um suposto acerto de contas. Conforme as informações da polícia, após o registro do boletim de ocorrência uma […]

Renata Portela Publicado em 11/06/2020, às 07h21 - Atualizado às 09h50

Vítima morreu no local (Foto: Dayene Paz, Midiamax)
Vítima morreu no local (Foto: Dayene Paz, Midiamax) - Vítima morreu no local (Foto: Dayene Paz, Midiamax)

Ainda sem identificação precisa, a vítima de homicídio no fim da tarde de quarta-feira (10), seria um jovem de 19 anos. O crime aconteceu na Rua Darci Vieira de Faria, no Loteamento José Tavares do Couto, durante um suposto acerto de contas.

Conforme as informações da polícia, após o registro do boletim de ocorrência uma pessoa que estava com a mãe do rapaz telefonou para a delegacia. Ela disse que as descrições da motocicleta apreendida no local do crime batiam com a do jovem de 19 anos, conhecido como ‘Baiano do PCC’. A foto que consta no Sigo (Sistema Integrado de Gerência Operacional) condiz com a da vítima.

É aguardado reconhecimento da vítima no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para que seja cadastrado no sistema. Até o momento não é confirmado que seja a vítima.

Entenda o caso

A vítima foi até a casa do homem de 31 anos para um suposto acerto de contas. Armado, o rapaz entrou em luta corporal com o morador e ocorreram disparos de arma de fogo. A vítima foi ferida por um tiro na axila, que transfixou e saiu pelo tórax.

O rapaz morreu no local e o homem de 31 anos, que sofreu um ferimento na perna, fugiu com a arma de fogo. O jovem teria chegado na casa com uma motocicleta, que foi apreendida pela polícia por ser produto de roubo ou furto. Até o momento o autor do crime não foi encontrado.

O caso é tratado como homicídio simples, homicídio simples na forma tentada e receptação.

Jornal Midiamax