Polícia

Pedreiro mata colega enforcado com fio, joga corpo em caçamba e cobre com entulho

O pedreiro Luis Eduardo Gomes Gondim, de 26 anos, foi preso em flagrante no início da manhã desta sexta-feira (28), em Camapuã, a 135 quilômetros de Campo Grande, depois de matar o colega de trabalho enforcado durante uma discussão. O suspeito ainda jogou o corpo de Noilton Mendes Ribeiro, de 52 anos, em uma caçamba […]

Renan Nucci Publicado em 28/08/2020, às 15h56 - Atualizado em 29/08/2020, às 08h35

Corpo da vítima foi jogado em caçamba de entulho. Foto Ilustrativa
Corpo da vítima foi jogado em caçamba de entulho. Foto Ilustrativa - Corpo da vítima foi jogado em caçamba de entulho. Foto Ilustrativa

O pedreiro Luis Eduardo Gomes Gondim, de 26 anos, foi preso em flagrante no início da manhã desta sexta-feira (28), em Camapuã, a 135 quilômetros de Campo Grande, depois de matar o colega de trabalho enforcado durante uma discussão. O suspeito ainda jogou o corpo de Noilton Mendes Ribeiro, de 52 anos, em uma caçamba e cobriu com entulho.

Conforme apurado, a dupla havia sido contratada pela prefeitura para atuar na reforma da Escola Municipal Ernesto Solon Borges, onde estavam alojados.  Porém, eles se desentenderam nesta madrugada e passaram brigar, oportunidade em que Eduardo teria agredido a vítima com vassouradas. Em seguida, a enforcou com um fio e jogou o corpo na caçamba.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o suspeito. Ele não deu detalhes sobre a motivação do crime. A Polícia Civil apura o caso.

Jornal Midiamax