Polícia

Pai e madrasta de criança morta em Dourados vão a  júri popular no dia 10 de março

Joel Rodrigo Avalo dos Santos, de 25 anos, e Jéssica Leite Ribeiro, de 21, pai e madrasta do bebê Rodrigo Moura Santos , morto quando tinha apenas um ano e meio de idade, em 16 de agosto de 2018  irão a júri popular no dia 10 de março. O bebê foi encontrado morto numa casa […]

Marcos Morandi Publicado em 11/02/2020, às 18h39

A data foi definida pelo juiz da 3ª Vara Criminal . (Foto: Divulgação)
A data foi definida pelo juiz da 3ª Vara Criminal . (Foto: Divulgação) - A data foi definida pelo juiz da 3ª Vara Criminal . (Foto: Divulgação)

Joel Rodrigo Avalo dos Santos, de 25 anos, e Jéssica Leite Ribeiro, de 21, pai e madrasta do bebê Rodrigo Moura Santos , morto quando tinha apenas um ano e meio de idade, em 16 de agosto de 2018  irão a júri popular no dia 10 de março.

O bebê foi encontrado morto numa casa na Rua Presidente Kennedy, no Jardim Márcia, em Dourados. Segundo a 94 FM, pai e madrasta são acusados homicídio qualificado por emprego de meio cruel.

No despacho o juiz Eguiliell Ricardo da Silva, da 3ª Vara Criminal da comarca, afirma que “há indícios suficientes de autoria que recaem sobre Jéssica, e no tocante a Joel, é imputada participação por omissão, já que, em tese, o genitor teria o dever de agir consistente na obrigação legal de cuidar, proteger ou vigiar o filho, em decorrência do poder familiar”.

Jornal Midiamax