Polícia

Pai de bebê de 10 meses morto por suspeita de maus-tratos é ouvido pela polícia

O pai do bebê de 10 meses que morreu por suspeita de maus-tratos deve ser ouvido ainda nesta terça-feira (6), em Nova Andradina a 297 quilômetros de Campo Grande. A mãe da criança foi presa no dia que os fatos vieram à tona, no último domingo (4). Segundo o delegado que atendeu o caso, Filipe […]

Thatiana Melo Publicado em 06/10/2020, às 09h17 - Atualizado às 15h24

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

O pai do bebê de 10 meses que morreu por suspeita de maus-tratos deve ser ouvido ainda nesta terça-feira (6), em Nova Andradina a 297 quilômetros de Campo Grande. A mãe da criança foi presa no dia que os fatos vieram à tona, no último domingo (4).

Segundo o delegado que atendeu o caso, Filipe Mendonça, detalhes do depoimento da mãe do bebê não poderiam ser repassados, mas que outros familiares, inclusive, o pai da criança seria ouvido ainda nesta terça (6). Os laudos da causa mortis do bebê ainda não ficaram prontos, e segundo o delegado o prazo é de 10 dias.

A criança passou mal e a mãe saiu em busca de ajuda, no domingo (4) sendo encaminhada ao Pronto-Socorro do Hospital Regional. Lá, os médicos constataram a morte do menino e, diante da suspeita de maus-tratos, acionaram a Polícia Civil que prendeu a jovem.

Não foram divulgados detalhes sobre o crime. O SIG (Setor de Investigações Gerais) foi até a casa da mulher, onde estavam mais duas crianças que estão sob tutela do Conselho. A prisão em flagrante foi comunicada ao MPE (Ministério Público Estadual) e ao Poder Judiciário. O caso segue em investigação.

Jornal Midiamax