Foi preso na manhã desta quarta-feira (20), em a 297 quilômetros de Campo Grande, um homem de 41 anos, que teria sido contratado para fazer o transporte de para a cidade de Lins, em São Paulo. Ele receberia o valor de R$ 3 mil pelo serviço.

A operação que terminou na de Reginaldo Moreira de Souza começou por volta das 7 horas da manhã desta quarta (20), quando os policiais da Força Tática em rondas pela região do Distrito Industrial localizaram o caminhão, com Reginaldo e mais uma pessoa, que foi identificada como Willians de Almeida de 30 anos, que também acabou preso.

Eles tentaram fugir com o caminhão, mas acabaram alcançados e tiveram de ser retirados de dentro da cabine da carreta, já que não queriam deixar o veículo. No caminhão, a polícia encontrou quatro toneladas e 290 mil quilos de maconha, que segundo Reginaldo saiu de Naviraí com destino s São Paulo.

Reginaldo contou que foi contratado por uma pessoa conhecida como ‘Grilo', e que já havia siso preso anteriormente pelo crime de contrabando de cigarros, sendo que tinha como função na organização criminosa como motorista. Cada um deles iria receber o valor de R$ 3 mil pelo serviço.