Polícia

Irmãos denunciam seguranças de boate por agressão com socos, chutes e porrete

Dois irmãos, um de 24 e outro de 22 anos, procuraram a Polícia Civil na madrugada de domingo (09), em Campo Grande, para registrar boletim de ocorrência por lesão corporal. As vítimas alegam terem sido agredidas pelos seguranças de uma boate localizada na Vila Nhá-Nhá. Conforme denunciado, ao final do evento, por volta das 4 […]

Renan Nucci Publicado em 09/02/2020, às 06h47 - Atualizado às 08h13

Homem negou o crime. (Arquivo)
Homem negou o crime. (Arquivo) - Homem negou o crime. (Arquivo)

Dois irmãos, um de 24 e outro de 22 anos, procuraram a Polícia Civil na madrugada de domingo (09), em Campo Grande, para registrar boletim de ocorrência por lesão corporal. As vítimas alegam terem sido agredidas pelos seguranças de uma boate localizada na Vila Nhá-Nhá.

Conforme denunciado, ao final do evento, por volta das 4 horas da manhã, o mais novo deles passou a ser agredido pelos seguranças. O motivo do ataque não foi relatado no boletim. Ao ver o irmão apanhando, o mais velho tentou protegê-lo e também acabou agredido.

Eles afirmaram que levaram socos, chutes e golpes com porrete, motivo pelo qual precisaram de atendimento médico. Na Santa Casa, a Polícia Militar constatou que o mais jovem estava com o rosto bastante machucado, e o outro tinha escoriações no rosto e braços.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Testemunhas afirmam terem gravado as agressões pelo celular e se comprometeram em entregar as filmagens.

Jornal Midiamax