Polícia

Estrangeiro que tentou estuprar jovem no Monte Castelo é mantido na Unei

Após audiência de custódia realizada nesta sexta-feira (7), a Justiça decidiu que seja mantida a apreensão do adolescente que teria tentado estuprar uma jovem na tarde da última quarta-feira (5). O crime aconteceu na Rua 14 de Julho, no Monte Castelo, por volta das 17h40. Conforme a decisão, o jovem será mantido na Unei (Unidade […]

Renata Portela Publicado em 07/02/2020, às 11h17 - Atualizado às 16h24

Unei Dom Bosco (Arquivo, Midiamax)
Unei Dom Bosco (Arquivo, Midiamax) - Unei Dom Bosco (Arquivo, Midiamax)

Após audiência de custódia realizada nesta sexta-feira (7), a Justiça decidiu que seja mantida a apreensão do adolescente que teria tentado estuprar uma jovem na tarde da última quarta-feira (5). O crime aconteceu na Rua 14 de Julho, no Monte Castelo, por volta das 17h40.

Conforme a decisão, o jovem será mantido na Unei (Unidade Educacional de Internação) em uma ala separada, para proteção dele, já que não se comunica em português, não tem antecedentes e se demonstrou tímido e com temperamento fechado. Até o momento não foi possível colher depoimento do adolescente ou localizar a família do jovem.

O adolescente tem origem paraguaia e não portava documentos no momento da apreensão, mas foi possível identificar o nome dele.

Relembre o caso

A vítima caminhava na 14 de Julho em direção à academia, quando foi agarrada por trás pelo garoto que começou a se esfregar nela, passar as mãos nos seios e barriga. Ele ainda teria simulado ato sexual quando a jovem começou a gritar por socorro conseguindo se desvencilhar dele.

Ela correu e populares que passavam pela rua ajudaram a vítima e chamaram uma viatura da Guarda Municipal. O garoto foi apreendido em flagrante e o caso registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol como estupro na forma tentada.

Jornal Midiamax