Polícia

Golpista usa nome de moradora em MS para sacar auxílio de R$ 600 na Bahia

Na segunda-feira (1º), moradora em Coxim, cidade distante 253 quilômetros de Campo Grande, denunciou à polícia que foi vítima de estelionato. Ela teve os R$ 600 do auxílio emergencial sacados por uma pessoa com conta na Bahia. Segundo relato da vítima, ela tentava fazer o cadastro no domingo (31), quando percebeu que alguém já tinha […]

Renata Portela Publicado em 02/06/2020, às 07h58 - Atualizado às 09h39

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Na segunda-feira (1º), moradora em Coxim, cidade distante 253 quilômetros de Campo Grande, denunciou à polícia que foi vítima de estelionato. Ela teve os R$ 600 do auxílio emergencial sacados por uma pessoa com conta na Bahia.

Segundo relato da vítima, ela tentava fazer o cadastro no domingo (31), quando percebeu que alguém já tinha usado os dados dela e feito cadastro no sistema e inclusive a transferência da primeira parcela de R$ 600. A vítima consultou a Caixa e foi orientada a procurar a delegacia para registrar o boletim de ocorrência.

A mulher contou que a pessoa ainda tentou transferir para uma outra conta, mas só conseguiu na segunda tentativa. O valor foi depositado em uma conta da Bahia e o caso é tratado como estelionato.

Jornal Midiamax