Polícia

Esfaqueada após denunciar estupro, mulher morre na Santa Casa de Corumbá

Vítima que foi esfaqueada 10 vezes em Corumbá morreu na manhã desta segunda-feira (12). A mulher de 28 anos estava no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa da cidade desde sábado (10), em estado gravíssimo. Após denunciar o estupro da filha, o filho do acusado resolveu se vingar da mulher e perfurou a […]

Carolina Rocha Publicado em 12/10/2020, às 14h19 - Atualizado em 13/10/2020, às 08h04

Santa Casa de Corumbá | Foto: Marcio Carneiro | Divulgação
Santa Casa de Corumbá | Foto: Marcio Carneiro | Divulgação - Santa Casa de Corumbá | Foto: Marcio Carneiro | Divulgação

Vítima que foi esfaqueada 10 vezes em Corumbá morreu na manhã desta segunda-feira (12). A mulher de 28 anos estava no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa da cidade desde sábado (10), em estado gravíssimo.

Após denunciar o estupro da filha, o filho do acusado resolveu se vingar da mulher e perfurou a região lombar, tórax, antebraço, perna e pescoço. Ela foi hospitalizada, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

A Polícia Militar sabe o nome do acusado pelo homicídio, mas ainda não o localizou, já que o autor fugiu após o crime. A mãe dele contou que depois que o pai foi preso por estupro, o filho resolveu se vingar.

Correção: na primeira matéria publicada pelo Jornal Midiamax foi dito que a vítima era um homem, informação baseada em notícia divulgada pelo Diário Corumbaense. Depois, o próprio site publicou errata não qual informava que, na verdade, a vítima era mulher – que é a mãe da menina que teria sido estuprada.

Jornal Midiamax