Polícia

Enteada é arrastada em carro por 50 metros ao tentar defender mãe de agressões

Uma mulher de 26 anos foi levada para a Santa Casa de Campo Grande, neste fim de semana depois de sofrer ferimentos ao ser arrastada pendurada na porta do carro de seu padrasto de 49 anos, no Loteamento Nova Serrana. A vítima contou aos policiais que havia ficado sabendo que seu padrasto teria tido uma […]

Thatiana Melo Publicado em 21/09/2020, às 06h32 - Atualizado às 10h58

(Arquivo)
(Arquivo) - (Arquivo)

Uma mulher de 26 anos foi levada para a Santa Casa de Campo Grande, neste fim de semana depois de sofrer ferimentos ao ser arrastada pendurada na porta do carro de seu padrasto de 49 anos, no Loteamento Nova Serrana.

A vítima contou aos policiais que havia ficado sabendo que seu padrasto teria tido uma desavença com sua mãe, sendo que por volta das 22 horas de sábado (19) foi até a residência para tirar satisfação encontrando o autor já dentro do carro, um Fusca, para fugir. Foi neste momento que para não deixar o homem fugir, ela se pendurou na porta do veículo.

O autor a arrastou por cerca de 50 metros, quando depois ela caiu sofrendo vários ferimentos no joelho e ombro sendo levada para uma unidade de saúde e depois para a Santa Casa, onde permaneceu internada até este domingo (20) quando recebeu alta.

Depois que derrubou a enteada no asfalto, o homem fugiu sem prestar socorro e ocaso foi registrado como lesão corporal culposa.

Jornal Midiamax