Polícia

Coronavírus: PM já advertiu 250 e mantém patrulhas contra quem não respeitar toque de recolher

No primeiro dia do toque de recolher em Campo Grande, determinado em decreto pelo prefeito Marquinhos Trad (PSDB) neste sábado (21), o 1°Batalhão da Polícia Militar intensificou as fiscalizações em 14 bairros. 250 pessoas que não respeitaram o toque de recolher foram advertidas e instruídas a retornarem as suas casas. Um homem foi preso por […]

Dayene Paz Publicado em 22/03/2020, às 13h46 - Atualizado às 18h19

Ações foram intensificadas. Imagem: Divulgação PMMS
Ações foram intensificadas. Imagem: Divulgação PMMS - Ações foram intensificadas. Imagem: Divulgação PMMS

No primeiro dia do toque de recolher em Campo Grande, determinado em decreto pelo prefeito Marquinhos Trad (PSDB) neste sábado (21), o 1°Batalhão da Polícia Militar intensificou as fiscalizações em 14 bairros. 250 pessoas que não respeitaram o toque de recolher foram advertidas e instruídas a retornarem as suas casas. Um homem foi preso por desobedecer a ordem da PM.

De acordo com as informações do comandante do 1° BPM, Claudemir de Melo Domingues Braz, desde o início da pandemia de coronavírus, as fiscalizações foram intensificadas. “Ontem fomos para manter a ordem social. Foram realizadas ações em lanchonetes, bares, e locais que podem ter aglomerações em 14 bairros. Percebemos que muitas pessoas ainda não estão situadas do tamanho do problema”, afirmou o comandante.

Ainda, de acordo com Claudemir, foram 1,250 quilômetros rodados, com reforço de mais 30% em viaturas e efetivo. “Tivemos todo o apoio do comandante geral, com todos os equipamentos necessários, como luva, máscaras e álcool em gel”, salienta. O comandante reforça que mesmo evitando o contato, pessoas não deixaram de ser presas caso cometam delitos.

A mudança de comportamento dos campo-grandenses ainda tem vindo devagar, de acordo com a PM. “Alguns comércios tem agido de forma correta, geralmente trabalhando com delivery, no entanto, outros estabelecimentos não estão preparados, com equipamentos necessários e ainda continuam atendendo o público, o exemplo é muitos caixas de supermercados”, disse.

Claudemir ainda destacou que a fiscalização em todo Mato Grosso do Sul deve ser reforçada pela segurança pública, a partir de segunda-feira (23).

Toque de recolher

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) transmitiu ao vivo em suas redes sociais: toque de recolher em Campo Grande a partir deste sábado(21), das 22h às 05h, durante 15 dias. Segundo ele, quem estiver com qualquer estabelecimento aberto, ou fora de casa, em aglomerações, após às dez da noite, sofrerá graves consequências.

Coronavírus

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande) informou em boletim epidemiológico às 17 horas deste sábado (21), que são 19 os casos confirmados de pessoas infectadas com o novo coronavírus na Capital. A morte de uma idosa de 63 anos de idade também é investigada.
Jornal Midiamax