Polícia

Carreteiro receberia R$ 50 mil para levar carga ‘milionária’ de maconha até São Paulo

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreenderam na manhã desta sexta-feira (24) mais nove toneladas de maconha. A droga estava escondida em mais  uma carga de milho interceptada na fronteira. Esse tipo de tráfico usando grãos tem sido usado com frequência pelo crime organizado. A apreensão ocorreu na BR-463, no posto Capey. O motorista disse […]

Marcos Morandi Publicado em 24/07/2020, às 11h33

Uso de cargas de grãos é cada vez mais frequente. (Foto: Divulgação).
Uso de cargas de grãos é cada vez mais frequente. (Foto: Divulgação). - Uso de cargas de grãos é cada vez mais frequente. (Foto: Divulgação).

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreenderam na manhã desta sexta-feira (24) mais nove toneladas de maconha. A droga estava escondida em mais  uma carga de milho interceptada na fronteira. Esse tipo de tráfico usando grãos tem sido usado com frequência pelo crime organizado.

A apreensão ocorreu na BR-463, no posto Capey. O motorista disse que receberia a quantia de R$ 50 mil pelo ‘serviço’. A droga ainda está sendo pesada.

A droga estava sendo transportada pelo motorista de uma carreta, que informou ter saído de Ponta Porã com a carga de maconha. Segundo ele as duas cargas seriam  levadas até São Paulo.

Segundo informações da PRF, esta é a terceira apreensão de drogas misturadas em cargas de milho e soja em menos de uma semana. Para pesar a maconha, os agentes tiveram que carga de milho em uma cerealista nas proximidades do posto Capey.

Jornal Midiamax