Polícia

Assassinada junto ao namorado, mulher já se jogou de carro para fugir do ex que a sequestrou

Como na maioria dos casos de feminicídio, Marilei Ramos, de 32 anos, assassinada na madrugada pelo ex-marido,de 32 anos, na cidade de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, já havia sido vítima de outros casos de violência. Recentemente, ela precisou se jogar do carro do ex, após ter sido sequestrada e ameaçada por […]

Renan Nucci Publicado em 28/05/2020, às 13h52 - Atualizado em 09/07/2020, às 00h19

Local onde o casal foi assassinado. Foto: MS Todo Dia
Local onde o casal foi assassinado. Foto: MS Todo Dia - Local onde o casal foi assassinado. Foto: MS Todo Dia

Como na maioria dos casos de feminicídio, Marilei Ramos, de 32 anos, assassinada na madrugada pelo ex-marido,de 32 anos, na cidade de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, já havia sido vítima de outros casos de violência. Recentemente, ela precisou se jogar do carro do ex, após ter sido sequestrada e ameaçada por ele.

Tal fato ocorreu no dia 30 de março. Na ocasião, o homem colocou Marilei à força dentro do automóvel, um Fiat Palio, e seguiu sentido Alcinópolis. A PM de Costa Rica tomou conhecimento dos fatos e avisou os policiais de Alcinópolis sobre o deslocamento, tendo em vista que o homem queria matar a ex.

Foi montada fiscalização na rotatória da entrada de Alcinópolis, mas ele não parou e fugiu pela BR-359, entrando em uma estrada vicinal, ocasião em que bateu na guia do acostamento. Quando ele reduziu para manobrar, a mulher aproveitou e se jogou, sendo socorrida pelos policiais militares, enquanto o autor fugiu.

Já nesta madrugada, Marilei foi assassinada a facadas por ele, junto com o atual namorado dela, Gilcione Rodrigues Martins, de 34 anos. Conforme relatado pelo delegado Cleverson Alves dos Santos, o casal dormia, quando o autor invadiu a residência, no Jardim Afonso, e esfaqueou ambos até a morte, fugindo logo em seguida.

Jornal Midiamax