Polícia

Apreensões de carretas lotadas de maconha dão prejuízo de R$ 18 milhões ao crime organizado

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu na segunda-feira (21) em Mato Grosso do Sul duas carretas carregadas com 18 toneladas de maconha, na faixa de fronteira com o Paraguai. A estimativa é de que as ações tenham causado prejuízo estimado em R$ 18 milhões ao crime organizado, bem como comprometido a distribuição durante as festas […]

Renan Nucci Publicado em 22/12/2020, às 13h47

Carga de maconha apreendida em Mundo Novo. Foto: Divulgação
Carga de maconha apreendida em Mundo Novo. Foto: Divulgação - Carga de maconha apreendida em Mundo Novo. Foto: Divulgação

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu na segunda-feira (21) em Mato Grosso do Sul duas carretas carregadas com 18 toneladas de maconha, na faixa de fronteira com o Paraguai. A estimativa é de que as ações tenham causado prejuízo estimado em R$ 18 milhões ao crime organizado, bem como comprometido a distribuição durante as festas de final de ano.

Uma das ocorrências foi em Mundo Novo. A equipe fiscalizava a rodovia BR-163, quando avistou um caminhão estacionado em um posto de combustíveis. Diante das suspeitas, a equipe se aproximou, oportunidade em que o motorista fugiu a pé pelo mato nas proximidades. No compartimento de carga havia 5 toneladas da droga e 94 quilos de skunk.

A outra apreensão também foi na BR-163, mas na região de Dourados. Durante fiscalização, a equipe retirou a lona para averiguar a carga de aveia a granel, quando se deparou com 13,4 toneladas de maconha. O motorista alegou que seguia com destino à Goiânia (GO). Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax