Polícia

Acusado de participar de morte de policial, foragido é preso em condomínio

Uildes Junior de Oliveira Ramos de 23 anos foi preso durante a madrugada desta quarta-feira (21) em um condomínio no Residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande. Ele é acusado de participar do crime de latrocínio, em Mato Grosso, que teve como vítima o sargento da Polícia Militar, Marino Soares de 62 anos. A polícia […]

Thatiana Melo Publicado em 21/10/2020, às 07h22 - Atualizado em 22/10/2020, às 09h04

Carro do sargento assassinado encontrado abandonado (PM/Mato Grosso)
Carro do sargento assassinado encontrado abandonado (PM/Mato Grosso) - Carro do sargento assassinado encontrado abandonado (PM/Mato Grosso)

Uildes Junior de Oliveira Ramos de 23 anos foi preso durante a madrugada desta quarta-feira (21) em um condomínio no Residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande. Ele é acusado de participar do crime de latrocínio, em Mato Grosso, que teve como vítima o sargento da Polícia Militar, Marino Soares de 62 anos.

A polícia recebeu uma denúncia anônima de que Uildes estava escondido no condomínio Carandiru, sendo que quando os militares chegaram ao local, ele tentou se passar por Thiago Rodrigues da Cunha, mas acabou sendo descoberto e levado para a delegacia.

O crime aconteceu em 2019, em Cuiabá e o comparsa de Uildes teria o entregado. Uildes já tinha passagens por roubo e furto em 2017. O carro do sargento assassinado foi encontrado abandonado em uma mata depois de rondas feitas com helicóptero pela polícia de Mato Grosso.

Jornal Midiamax