Detento de 37 anos foi agredido por um grupo de pelo menos seis outros internos no Presídio de , cidade que fica a 158 quilômetros da Capital. Ele afirmou que a agressão aconteceu por briga de facções criminosas.

No relato do detento, quando as portas das celas foram abertas mais de 10 presos que estavam na X14 foram até a cela dele, X16. Eles teriam entrado e ordenado que todos saíssem, ficando apenas Rodrigo e outro interno, Raul Cortez no local.

Segundo o homem, ele foi agredido com chutes e socos. Ele afirmou que os presos deram a ele a oportunidade de estar no Pavilhão D, o ‘Pavilhão de Oposição', mas que ele estaria fazendo coisas proibidas ali. Consta no registro da ocorrência que a cela X16 se intitula pertencente ao PCC (Primeiro Comando da Capital).

Já os outros presos afirmaram que só entraram na cela porque tinham recebido um bilhete com ameaças dele, que estava com uma arma branca artesanal e tentaram tirar dele, momento em que foram agredidos e revidaram. A arma foi apreendida e todos encaminhados para prestarem depoimento e depois levados novamente ao presídio.

Foram autuados ao todo sete detentos pelos crimes de dolosa, quando há intenção, e lesão corporal recíprocas.