Polícia

Sem suspeitos, polícia procura por homem que esfaqueou 13 vezes e abusou de mulher no Jardim Carioca

A polícia ainda procura pelo suspeito de ter esfaqueado a mulher de 30 anos, e ter abusado sexualmente dela, na tarde desta segunda-feira (29), no Jardim Carioca, em Campo Grande. Ela foi esfaqueada por 13 vezes, conforme boletim de ocorrência registrado. A delegada da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Fernanda Piovan, a perícia […]

Thatiana Melo Publicado em 30/07/2019, às 11h34 - Atualizado às 14h55

Local onde ocorreu crime. (Foto: Leonardo de França, Jornal Midiamax)
Local onde ocorreu crime. (Foto: Leonardo de França, Jornal Midiamax) - Local onde ocorreu crime. (Foto: Leonardo de França, Jornal Midiamax)

A polícia ainda procura pelo suspeito de ter esfaqueado a mulher de 30 anos, e ter abusado sexualmente dela, na tarde desta segunda-feira (29), no Jardim Carioca, em Campo Grande. Ela foi esfaqueada por 13 vezes, conforme boletim de ocorrência registrado.

A delegada da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Fernanda Piovan, a perícia encontrou sinais de violência sexual na vítima, que foi esfaqueada no pescoço, abdômen, braços, pernas e costas, num total de 13 perfurações.

O suspeito pelo crime é procurado pela polícia. A vítima está internada em estado grave na Santa Casa, no CTI (Centro de Tratamento Intensivo), depois de passar por cirurgia. Ela está em coma.

Uma testemunha contou para o Jornal Midiamax que a mulher passava por uma ponte estreita sobre um córrego na região e o suspeito estaria embaixo de uma árvore. O homem abordou a vítima e a arrastou para dentro da mata, local onde aconteceu o crime.

Conforme a Polícia Militar, testemunhas relataram que a mulher se arrastou até próximo a ponte para pedir socorro. Ela foi encontrada com as calças abaixadas e ao ser socorrida teria dito que o homem abusou dela.

O suspeito tinha estatura baixa, usava calça cinza e aparentava estar de uniforme. Ele fugiu com a bolsa da vítima.

Jornal Midiamax