Policiais militares ambientais recuperaram, nesta terça-feira (9), um veículo VW Saveiro, de uma locadora, que estava sendo levado para a Bolívia, país fronteira com Corumbá – distante cerca de 429 km de Campo Grande. Um homem, que conduzia o carro, foi preso.

De acordo com as informações da PMA, os policiais realizavam fiscalização na BR-262, quando abordaram um casal em um veículo Fiat Uno que seguia da cidade de Corumbá para . O casal se contradisse sobre o que faria na cidade, o que levantou suspeita. Durante a averiguação, o homem recebeu diversas mensagens pelo Whatsaap e questionado, disse que iria se encontrar com um conhecido.

Ao chegar, na Saveiro, o suposto conhecido e o casal tinham argumentos diferentes e aparentavam que não se conheciam. A equipe averiguou as pessoas e os veículos e como não havia nada de crime naquele momento, os liberou. Os policiais continuaram tentando contato com a locadora, localizada em Belo Horizonte (MG), que constava como proprietária do veículo Saveiro.

Quando conseguiram contato, poucas horas depois, foram informados de que o gerente da empresa estava indo à delegacia em Belo Horizonte para registrar o crime. Os policiais fizeram diligências em hotéis da cidade e localizaram o veículo e o suspeito. Ele confessou que pegou o carro com a chave em cima do pneu a mando de uma pessoa na cidade de Londrina (PR) e que entregaria para um desconhecido em Corumbá, que levaria o veículo para venda na Bolívia.

A Saveiro foi apreendida e o homem foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Miranda. A PMA suspeita, de que o casal seria batedor do veículo e que faria a entrega no país vizinho. Como eles foram qualificados, serão intimados para apuração de participação na fraude.