Polícia

Motorista que matou guarda estava bêbado e invadiu contramão após rotatória

O motorista de 36 anos que atropelou e matou o guarda municipal Cleber Afonso de Souza afirmou em depoimento que invadiu a contramão depois de passar por uma rotatória. Ele continua em uma das celas da delegacia de Dourados, distante 233 km de Campo Grande. O teste de bafômetro apontou indício de 0,64 g/l de […]

Dayene Paz Publicado em 01/04/2019, às 13h06 - Atualizado às 18h36

Foto: Adilson Domingos.
Foto: Adilson Domingos. - Foto: Adilson Domingos.

O motorista de 36 anos que atropelou e matou o guarda municipal Cleber Afonso de Souza afirmou em depoimento que invadiu a contramão depois de passar por uma rotatória. Ele continua em uma das celas da delegacia de Dourados, distante 233 km de Campo Grande.

O teste de bafômetro apontou indício de 0,64 g/l de álcool no organismo do motorista, que também não estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ele foi preso em flagrante e autuado por homicídio culposo.

O acidente aconteceu na noite deste domingo (31) no Jardim Clímax.O motorista conduzia um Ford Courier, que invadiu a contramão após passar uma rotatória em frente à entrada do Parque Antenor Martins. O local tem iluminação precária.

De acordo com as informações do site Dourados News, o motorista foi autuado em flagrante por homicídio culposo — quando não há intenção de matar —, falta de permissão para conduzir veículo automotor, conduzir veículo sob efeito de álcool e também com o agravante de quando o agente conduz veículo sob efeito de álcool ou substância psicoativa que provoque dependência.

Jornal Midiamax