Polícia

Filho de prefeita é preso por descumprir medida protetiva e ameaçar ‘furar’ esposa

Justiça Estadual decretou a prisão preventiva de um homem de 41 anos por descumprir medida protetiva e voltar a se aproximar da esposa, ameaçando-a e tentando coagi-la a desistir de processo de divórcio.  Ele é filho de prefeita e irmão de um deputado estadual. Segundo a ação, que corre na 4ª Vara Criminal de Dourados, […]

Maisse Cunha Publicado em 27/03/2019, às 08h05 - Atualizado às 13h45

None

Justiça Estadual decretou a prisão preventiva de um homem de 41 anos por descumprir medida protetiva e voltar a se aproximar da esposa, ameaçando-a e tentando coagi-la a desistir de processo de divórcio.  Ele é filho de prefeita e irmão de um deputado estadual.

Segundo a ação, que corre na 4ª Vara Criminal de Dourados, ele teria se aproximado de vítima em um supermercado, pedindo para conversar e, diante da negativa, ameaçou furar ela e seu filho, de 18 anos. Ele teria agarrando-a a força, só parando depois de intervenção de um segurança do estabelecimento.

Dias depois, teria ligado na casa da vítima, coagindo-a a desistir do processo, dizendo se tornaria sua inimiga, causando medo. Em sua decisão, o juiz reconheceu que a vítima não poderia viver amedrontada pelo autor, determinando seu retorno à prisão.

“A vítima viver momentos de intenso medo para que o representado, por razões deploráveis, sinta-se em situação de superioridade e não a deixe viver em paz, não sendo demais destacar não ser a vítima obrigada a sustentar um relacionamento que não mais lhe convém”, diz trecho do despacho.

Ele havia sido preso no final de novembro por apropriação indébita, desacato, ameaça e violência doméstica por enforcar e ameaçar a vítima com uma faca. O filho tentou defende-la, mas também foi ameaçado. Um mês depois, ele foi beneficiado com liminar, mas foi proibido de se aproximar dela por força de medida protetiva.

Jornal Midiamax